Eu te amo…

Eu te amo… Você ainda não me conhece, mas eu preciso de você para poder existir. Talvez se eu me fizer presente, você possa me notar e vir a me amar. Mas você nunca me dá uma chance. Nem me olha… Se você me der uma oportunidade, sei que posso te cativar! Sou persistente. Vou aparecer todos os dias e tentar lhe encantar! Vou te inundar com minhas palavras, te fazer transbordar de emoção, preencher seus pensamentos e me fazer presente. Prazer, sou um escritor independente!

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *