Hora para crescer

Por que tem de haver uma hora para se crescer?
Onde está a menina sonhadora que escrevia diários?
Em que esquina perdi minha inocência?
Por que o mundo dos adultos é mais perverso que as bruxas das histórias que li?
Em que momento troquei o príncipe encantado pelo ser real que quebrou meu coração?
Quando foi que parei de ler sobre a “terra do nunca” para mergulhar nas páginas de economia?
Por que o Brasil é o país do futuro que nunca chega?
Por que a vida lá fora não pode ser igual a que tenho na casa dos meus pais?
Por que as pessoas prometem coisas que não podem cumprir?
Por quê?

O futuro não deixará de existir

Estou esvaziada
Desorientada pela dor
Mortificada pela decepção
Angustiada pela incredulidade
Não é possível calar
Há sempre um caminho de volta
A esperança criará a força
A união encontrará os meios
Faremos nossa parte
Reescreveremos o presente
Os frutos serão colhidos
Deixaremos um legado
O futuro não deixará de existir
Nossa história poderá enfim acontecer da forma como sonhamos

Promissória

Ao nascer recebemos uma carta promissória mas não conhecemos seu prazo de vencimento e os detalhes da negociação feita antes de nossa chegada.
Assim mesmo, vivemos nossa vida em busca de sonhos e vivências que nem sempre fazem parte do que já estava escrito.
Em alguns casos, damos inúmeras voltas, batemos a cabeça, sofremos. Em outros, somos extremamente felizes e bem sucedidos!
Em qualquer cenário, vivemos inúmeras experiências que são adicionadas a nossa jornada e história.
Sem saber, podemos alterar o rumo das coisas e até abreviar ou estender o prazo de vencimento de nossa promissória.
A mercê de tudo, esquecemos de que o importante é viver a nossa verdade e nossa essência! Quanto mais próximos estivermos, mais leves e plenos estaremos.
Chegar a isso é complexo porque conhecer e julgar os outros é simples, mas a nós mesmos é tarefa das mais difíceis porque nesta busca está a chave de tudo e a felicidade que buscamos incessantemente.
Nem todos a encontrarão.
Ao final entenderemos que para voltar para casa a promissória precisa estar zerada em todos os aspectos. Nesta viagem, carregar qualquer coisa será um erro. Menos será sempre mais.