Passado

Ainda era quase ontem quando podia estender a mão e tocar o que hoje é passado. Deixou de existir, desapareceu.
Por mais que me esforce, já não consigo alcançar…
Todas as verdades, a noção do certo e do rumo a seguir deixaram de existir de repente…
Um erro de cálculo, uma curva errada. Apenas uma cochilada e ao acordar meu mundo de certezas havia sumido.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *