Passado

Ainda era quase ontem quando podia estender a mão e tocar o que hoje é passado. Deixou de existir, desapareceu.
Por mais que me esforce, já não consigo alcançar…
Todas as verdades, a noção do certo e do rumo a seguir deixaram de existir de repente…
Um erro de cálculo, uma curva errada. Apenas uma cochilada e ao acordar meu mundo de certezas havia sumido.

Estações

As estações mudaram. Por que as coisas deveriam permanecer iguais? Sei que é primavera em seu coração, mas aqui fora o inverno chegou. Venha se proteger em meu abraço, esperar a tormenta passar sabendo que há tempo para tudo nesta vida: semear e colher; contemplar e refletir; lutar e recuar.
Em alguns momentos, estaremos celebrando, em outros não.
O importante é não desistir! O sol virá todos os dias e com ele nossa vida estará também se renovando e recomeçando a cada manhã, nos inúmeros ciclos de nossas existências!

Urgência

Quando a urgência da vida se impõe à sua própria essência, o mais importante se perde no meio do caos.

Objetivo

Encontrar um objetivo novo talvez seja a melhor forma de continuar sem sucumbir aos percalços.

Planos

Perceber que a vida saiu totalmente diferente do que sonhamos e planejamos dói demais.

Ciclos

Nada dura para sempre. Que saibamos observar e aprender com os ciclos da vida.

Inércia

Observo sem conseguir reagir a nada. Mas na inércia que me paralisa ainda existe uma mente pulsante. Vida que segue.

Brisa

Embora não saiba para onde seguir, sinto que a brisa que me toca sopra do leste. Uma orientação desorientada.